segunda-feira, 19 de maio de 2008

Por Clarice Lispector


(Tela de W. Maguetas - Sabrina)
.
.
"Que música belíssima ouço no fundo de mim. É feita de traços geométricos se entrecruzando no ar. É música de câmara. Música de câmara é sem melodia. E modo de expressar o silêncio. O que te escrevo é de câmara".

.

3 comentários:

Daneil Rodrigues disse...

Clarice é fenomenal! Beijo para você moça bonita!

Leonor Cordeiro disse...

Quem é esse admirador?? Sempre encontro esse "moça bonita"....
rs rs rs

Renata Christina disse...

Não sei! Não o conheço maninha! Bjs. mil