quarta-feira, 6 de maio de 2009

Mascarados - Cora Coralina


(Tela de Portinari)

.
.
Saiu o Semeador a semear
Semeou o dia todo
e a noite o apanhou ainda
com as mãos cheias de sementes.
Ele semeava tranqüilo
sem pensar na colheita
porque muito tinha colhido
do que outros semearam.
Jovem, seja você esse semeador
Semeia com otimismo
Semeia com idealismo
as sementes vivas
da Paz e da Justiça.
.

3 comentários:

Chica disse...

Muito lindo,Renata! um beijo e tudo de bom,chica

Roselee Salles disse...

Ah que bom: estás de volta. Eu "tava"
com saudade.
E voltastes em grande estilo.

Viva Cora,
Viva a poesia!
Viva a Renata
Que nos traz alegria!

Abraços

paula disse...

Muito lindo! quem semeia amor colhe amor.Venha no poesia do Bem add o link se desejar poste aqui ao seu, bjs