domingo, 20 de abril de 2008

Canção dos Elfos - Goethe

(Tela de Rembrandt - Auto Retrato com sua Esposa)


À meia-noite, quando os homens enfim dormem,

Então nos fulge a lua,

Então nos luz a estrela;

Vagamos, enfim, cantamos,

Jubilosos dançamos.

à meia-noite, quando os homens enfim dormem,

Pelas planícies, entre os salgueiros,

Nosso espaço buscamos,

Vagamos e cantamos

E dançamos um sonho.

(Trad. Mário Faustino)
.

3 comentários:

Sérgio Amaral disse...

Goethe em Renata em Essência = maravilha!
Beijo.

Estella disse...

Poema muito bem escolhido.

Daniel Rodrigues disse...

Quanta sensibilidade ao fazer as escolhas moça bonita!